Rua Barão do Monte Alto, n° 144 - Salas 407 a 409

Edifício Prata. Bairro Centro – Muriaé MG

(32) 3722-2764

Como descobrir se tenho glaucoma?

Compartilhe esta postagem com um amigo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Diante da ausência de sintomas, na maioria dos casos o diagnóstico do glaucoma acontece no momento da consulta oftalmológica de rotina. A primeira suspeita do problema é identificada através da medição da pressão ocular, procedimento que deve ser feito em qualquer consulta oftalmológica. Porém, nem todos os pacientes com glaucoma apresentam aumento da pressão intraocular. O principal exame para investigar a doença é o que chamamos de exame de fundo de olho, onde o médico irá verificar não só a retina, como também o nervo óptico.

No que consiste a consulta oftalmológica de rotina?

• Avaliação da acuidade visual (visão) e a necessidade do uso de óculos.
• Avaliação de toda saúde ocular (conjuntiva, esclera, córnea, íris, pupila, cristalino, vítreo, retina e nervo óptio) com auxílio de um microscópio.
• Aferição da pressão intraocular.
• Fundoscopia, que consiste na avaliação direta da retina e do nervo óptico com o auxílio de uma lente de aumento.

Após a coleta de uma história clínica detalhada, em busca de possíveis fatores de risco, aliada ao exame oftalmológico completo, o oftalmologista é capaz de diagnosticar a doença e lançar mão dos exames complementares necessários.

Dr. Bruno Sá Antunes de Souza
CRM 77831 – RQE: 43384

Médico Oftalmologista
Especialista em Catarata e Glaucoma

Deixe um comentário

Assine a nossa newsletter